O Natal aproxima-se…

O que será mais importante no Natal dos nossos filhos?

O sucesso que eles obterem na escola?

A alegria quando abrem os presentes que levaram o subsídio de férias dos pais?

O abraço e o beijo de parabéns por terem sido bons meninos ou boas meninas?

A reunião familiar que só se consegue nestas ocasiões devido ao frenético e angustiante dia-a-dia dos pais?

O brinquedo dado ao vizinho mais pobre do bairro num sonho de solidariedade?

As roupinhas que já não servem que as crianças levam com sorriso aos mais pequenos de uma instituição de solidariedade?

O incutir a amizade, solidariedade, ajuda, carinho, dádiva…às crianças, não será o melhor do Natal?

Afinal o que é mais importante no Natal?

Ensinar aos mais novos que há 2010 anos nasceu o salvador? Aquele Homem como qualquer um de nós que foi capaz de morrer pela salvação do Mundo?

Que tipo de Natal gostaria Jesus que nós mostrássemos para ele?

O Natal do supermercado? O Natal da família com bacalhau, perú e muitos doces? O Natal dos amigos que já não se vêem há muito tempo? O Natal na igreja beijando o menino Jesus num significado de oração e alegria por sabermos que Ele ainda hoje faz “brilhar” sorrisos nas crianças, mas não faz brilhar nada nos adultos?

Não consigo definir mais o Natal, porque para mim, Natal, são todos os dias, quando me levanto e lembro que tenho trabalho, que tenho família, que tenho as minhas crianças (filhos adoptivos por algumas horas) que me preenchem o dia com aborrecimentos mas muitas alegrias. Natal é isso, é dádiva que tento dar todos os dias e por eles consigo caminhar, lutar por um futuro melhor para o nosso país. Jesus Cristo morreu por nós e nós hoje morremos por Ele, dando o melhor que conseguimos pelas gerações que nos sucedem.

Um Feliz Natal para todos!

Rosa Familiar

tags:
publicado por Yaleo às 13:18